terça-feira, 22 de agosto de 2017

João Dória Junior abandona prefeitura


O picolé de chuchu sorri do que?

João Dória Junior abandona prefeitura para capilarizar o seu nome em todo o país. 

Eu sei o que se passa pela cabeça do prefeito da cidade de São Paulo, que ainda não completou oito meses de governo ou desgoverno e já se dedica a percorrer o país como se já estivesse em campanha para presidente da república e abandona a capital paulista. Será que ele acredita que o povo brasileiro é tão imbecil que é capaz de acreditar nas suas presepadas, nas suas bazófias, nos seus factoides e nos discursos antipolíticos? Ledo engano desse senhor se pensa assim. Ocorre que o Brasil está vacinado contra políticos oportunistas e aventureiros. 

Uma pergunta que não quer calar: o que credencia o político João Dória Junior a querer candidatar-se à presidência da república? O que faz com que esse senhor se sinta encorajado a disputar a sucessão federal, se ele ainda nem passou no teste como prefeito da maior cidade brasileira? É muita pretensão de um sujeito que vê o povo brasileiro como um povo infantiloide, como um povo descerebrado, sem memória e bruto. 

Embora admita que todos os políticos brasileiros são iguais nas suas naturezas, conteúdos e propósitos, não dá para engolir um sujeito falastrão, espertalhão e pretensioso como João Dória Junior, um Fernando Collor de Mello do século XXI.

Será que João Dória Junior toma o povo brasileiro pelo povo paulistano? Se ele considera o resto do país um reflexo do povo paulistano, ele está redondamente errado.
Postar um comentário