segunda-feira, 7 de agosto de 2017

A reforma previdenciária na passará. Quem viver verá!


É essa turma desacreditada e desmoralizada que quer reformar o país. KKK!!!

A reforma previdenciária, pode até ser necessária e urgente, mas quem a está propondo não é confiável aos olhos da população brasileira, o que dificulta sua aprovação na Câmara Federal.

Com um índice de desaprovação beirando a zero, o governo Temer não reúne condições para propor nenhuma reforma, sobretudo uma reforma como a previdenciária, que praticamente acaba com o fim da aposentadoria através do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). O que prejudica os trabalhadores que não reúnem condições pagar um plano de previdência privada.  

A reforma previdenciária não será aprovada, por dois motivos: o primeiro, a impopularidade e falta de credibilidade do presidente da república. Segundo, os congressistas não vão dar um tiro nos seus próprios pés, uma vez que eles e os seus familiares serão prejudicados com essa reforma que está ai para ser votada.

Se engana que pensa que o número de votos que Temer arrebanhou para salvar sua própria pele se repetirá na votação de reforma previdenciária. Suas duas votações absolutamente distintas, pela natureza de cada uma delas.
Postar um comentário