segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A poesia segundo José ChAgAS



Os homens rasos

Os homens é que estão traindo a vida,
traindo as águas que não voltam mais
à sua velha paz, hoje perdida
na própria refração dos seus cristais.

Do equilíbrio do mundo se duvida
com as ambições pesando desiguais
sobre uma ecologia ressentida,
dentro dos seus telúricos sinais.

Agora são mais rasas as vertentes,
rasos os homens e as ações urgentes
com que buscam mover águas e terras.

E tu, velho, ó velho rio, entre homens ficas,
vendo-os enodoar-te as águas ricas
e as cortinas de sonhos que descerras.

O poeta José Chagas nasceu no estado da Paraíba, mas toda sua vasta obra é de inspiração maranhense. Ele foi membro da Academia Maranhense de Letras (AML).

O PT sumiu do radar e está sem rumo




As eleições municipais de 2016 no primeiro e segundo turno, confirmaram aquilo que as pesquisas de opinião pública já vinham apontando: o desencanto do eleitor brasileiro para com o Partido dos Trabalhadores (PT).

Como já era esperado, o PT perdeu o comando de grande número de municípios ainda no primeiro turno das eleições de 2016 e no segundo turno não conquistou nenhuma prefeitura. Ao eleger 256 prefeitos no primeiro turno e nenhum prefeito no segundo turno, permanecerá com os mesmos 256 municípios.

Na região do grande ABCD paulista, no que se convencionou chamar de cinturão vermelho, o partido liderado por Luís Inácio Lula da Silva, não elegeu e nem reelegeu nenhum prefeito no segundo turno e como perdeu ainda no primeiro turno a prefeitura do município de São Paulo, o PT no estado de São Paulo ficou menor e desfigurado.

A região Nordeste, considerada um reduto cativo do PT até 2014, nestas eleições municipais não repetiu o mesmo desempenho de 2012. Não será nenhuma surpresa para ninguém se o partido de Lula nos próximos meses sofra grandes baixas.

"O poder sem pudor" fez o PT querer permanecer indefinidamente no poder e se deu muito mal. E agora José? É chorar na cama que é lugar quente, como diz esse surrado ditado pular.